A Assembleia Legislativa de SC clareou a dúvida sobre a votação em plenário do segundo pedido de impeachment do governador Carlos Moisés da Silva. Havia dúvidas se o prazo terminaria esta semana ou só na próxima.


Feitos os cálculos, a Mesa Diretora marcou para esta quinta-feira (15), a partir de 9h, a votação do impeachment protocolado por advogados, empresários e profissionais liberais.


O pedido agora inclui apenas o governador Carlos Moisés, pois a vice Daniela Reinehr foi excluída pela Comissão Especial.


O rito da votação continua o mesmo. A leitura da decisão de prosseguimento do processo já foi feita esta semana.


Os partidos ou blocos terão 60 minutos para se manifestarem. O mesmo direito será assegurado aos autores e ao advogado de defesa do governador.


Havendo rejeição do pedido, será o processo arquivado. Na hipótese de aprovação, de imediato será constituído um novo Tribunal Especial de Julgamento, também presidido pelo presidente do Tribunal de Justiça.


Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui


Notícias em um Click: Só Clicar aqui


Nosso Instragam: Clique Aqui