A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Ascurra, na data de hoje, 29 de novembro de 2021, próximo às 14h00, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva na cidade de Ibirama - expedido em desfavor de F.C suspeito da prática do crime de homicídio qualificado, crime previsto no Art. 121, § 2º, incisos II, III e IV, do Código Penal.


O crime ocorreu no mês de março do ano de 2020 na cidade de Apiúna, figurando como vítima M.A.A - que desapareceu após ter saído pescar com alguns amigos na localidade da Ressacada. À época o corpo da vítima foi localizado no interior do Rio Itajaí-açu pelos membros do Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade Ibirama.


As investigações foram realizadas pelas Delegacias de Ascurra e Apiúna, com o auxílio do Instituto Geral de Perícias, durante as diligências restou possível demonstrar que a vítima M.A.A possuía lesões em seu corpo que eram incompatíveis com afogamento e que em tese teriam sido praticadas antes do seu corpo cair no Rio Itajaí-Açu.


Com base nas informações obtidas dos depoimentos de testemunhas, bem como dos laudos periciais, o Ministério Público da Comarca de Ascurra denunciou F.C pelo crime de homicídio qualificado e representou por sua prisão preventiva - pleito que foi integralmente acolhido pelo Poder Judiciário da Comarca de Ascurra.


O mandado de prisão foi cumprido na BR 470, KM 120, bairro Areado, na cidade de Ibirama. Vale destacar que a prisão foi possível após a realização de diversas diligências por policiais civis do Setor de Investigações Criminais da Delegacia de Ascurra.


O conduzido, ora denunciado, F.C fora encaminhado para o Presídio Regional de Blumenau, ficando assim à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Ascurra, responsável pela ordem judicial.


Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui


Notícias em um Click: Só Clicar aqui


Nosso Instragam: Clique Aqui